Lives de funk têm sexo de fãs e até 230 mil views simultâneos por show - APUAREMA 24HORAS

Anuncio No Post

Lives de funk têm sexo de fãs e até 230 mil views simultâneos por show

Compartilhar
Enquanto mulheres dançam e, em alguns casos, tiram a roupa, funkeiros como Gabriel do Borel e PK Delas incetivam, comemoram e atuam como DJs em lives no Instagram.

São transmissões ao vivo na rede social, em que os artistas e seus amigos aparecem em uma janela, fazendo um DJ set. Na outra janela, eles adicionam fãs, que estão dispostas a rebolar e até se masturbar ou receber sexo oral do parceiro ao som da live.

As "lives proibidonas" começaram no início deste mês, durante o isolamento social por causa da pandemia da Covid-19. A "expulsão" dessas participantes da live demora pelo menos um minuto, após o início da cena de sexo e nudez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post