APUAREMA: SAÍDA DE CUBANOS DEIXA UNIDADES DE SAÚDE SEM MÉDICOS - APUAREMA 24HORAS

Anuncio No Post

APUAREMA: SAÍDA DE CUBANOS DEIXA UNIDADES DE SAÚDE SEM MÉDICOS

Compartilhar

 

 

O Município de Apuarema começa a sentir os reflexos da saída dos cubanos que atuavam no Programa Mais Médico. Pacientes enfrentaram filas e atrasos para atendimentos nesta última terça (20).  Nos Postos de Saúde da Família , do José Novaes, Bairro Vermelho e a zona rural do Novo Horizonte, estão sem atendimento médico, devido a retirada das cubanas.

 

A saída do Mais Médicos foi anunciada no dia 14 de novembro pelo governo cubano, sem informar até quando os médicos atuariam no programa. A previsão da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) é de que todos voltem para Cuba até 12 de dezembro.

Ao comunicar que deixaria o Mais Médicos, o governo do país citou "referências diretas, depreciativas e ameaçadoras" feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) à presença dos médicos cubanos no Brasil.

Cuba começou a enviar profissionais para atuar no Sistema Único de Saúde em 2013, quando o programa foi criado pela presidente Dilma Rousseff (PT) para atender regiões carentes sem cobertura médica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post