Feijão tem alta de 72% e valor da cesta básica sobe 3,5% em um mês - APUAREMA 24HORAS

Anuncio No Post

Feijão tem alta de 72% e valor da cesta básica sobe 3,5% em um mês

Compartilhar
Se o consumidor quiser colocar o feijão no fogo, vai ter mesmo que acrescentar mais água na panela para render. Isto porque o preço médio do feijão carioquinha (ou mulatinho) aumentou 72% de maio para junho em Salvador. A cidade teve a segunda maior variação de preço no Nordeste e a terceira no país.


Os números foram divulgados ontem pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Aumento que impactou na cesta básica cobrada em Salvador, que teve alta de 3,5% , justamente por causa do feijão, que custava R$ 6,60 em maio e subiu para R$ 11,40 em junho.
“Só o feijão foi responsável por 72,73% da alta no valor da cesta básica . Por si só, ele fez o estrago praticamente sozinho. O custo só não aumentou mais por conta da queda de preço de produtos como tomate e banana”, explica a supervisora técnica do Dieese na Bahia, Ana Georgina Dias.
O feijão acumula uma alta - de janeiro a julho - de 260% no atacado, conforme aponta levantamento do  Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses (Ibrafe). Desde o início do ano, a saca com 60 quilos de grão chegou a R$ 550 em média, quando antes, no atacado, o preço máximo era de R$ 150. “O cenário atinge, na verdade, o feijão carioca. No ano passado, a soja  e o milho estavam mais atraentes que o feijão”, aponta o presidente do instituto, Marcelo Eduardo.
Ainda de acordo com ele, outro fator que encareceu o produto foi a perda na produção. “Tivemos perdas de safra significativas nos estados do Paraná e de Minas Gerais, os maiores produtores do país. No Nordeste, a seca também impactou bastante. A média geral de perda no país ficou em 16%”, acrescenta.
O preço do feijão só deve baixar no final do mês de agosto, com a chegada da próxima safra. “O Brasil consome mais de 155 mil sacas de feijão por dia. O feijão de corda e o feijão preto estão com preços bem razoáveis. É a oportunidade para o consumidor buscar outras variedades”, recomenda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post

Anuncio Aqui!