Gandu lidera casos de estupros entre sete municípios da região Baixo Sul do Estado - APUAREMA 24HORAS

Anuncio No Post

Gandu lidera casos de estupros entre sete municípios da região Baixo Sul do Estado

Compartilhar

Um recente levantamento feito pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), revelou que a região sul e Extremo-sul da Bahia concentra no Estado o maior índice de casos de estupros registrados. Ainda de acordo com os dados elaborados, só em 2015, nos 70 municípios do Sul e Extremo-Sul, 517 casos foram anotados.
As duas microrregiões sustentam os dois primeiros lugares num ranking nada animador: as áreas com maiores taxas de estupro da Bahia. Enquanto no Extremo-Sul ocorreram 27,1 casos para grupo de 100 mil habitantes, no Sul essa taxa foi de 21,8 em 2015.
As duas taxas superam em pelo menos três pontos a de Salvador, de 18,1, onde 531 estupros foram registrados de janeiro a dezembro do ano passado. Nas duas regiões, quem lidera a taxa de estupros é a pequena Pau Brasil, com 10 mil habitantes. Foram sete casos em 2015, ou seja, 64,1 de taxa.
Os dados dos crimes foram divulgados pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) e mostram que, a cada 100 mil habitantes do Sul e Extremo-Sul, juntos, 24 foram violentadas em 2015. Os 517 casos estão distribuídos nas 70 delegacias territoriais ou nas especializadas de atendimento à mulher. Embora nenhuma delas supere em números absolutos a capital, 30 municípios têm taxa de estupro maior do que a de Salvador.
Em Gandu, município com 33 mil habitantes, a Delegacia registrou exatos (07) casos de estupro no ano passado, seguido por Presidente Tancredo Neves (02) casos; Teolândia (0) caso; Wenceslau Guimarães (02); Piraí do Norte (02); Nova Ibiá (02); Itamari (03) e Apuarema (01) caso registrado. Ao todo, só nessas duas regiões, a SSP registrou 2.549 casos.
Informações: Clarissa Pacheco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post

Anuncio Aqui!