Moro assume que pode ter errado ao divulgar gravações de Lula e pede ‘desculpas’ ao STF - APUAREMA 24HORAS

Anuncio No Post

Moro assume que pode ter errado ao divulgar gravações de Lula e pede ‘desculpas’ ao STF

Compartilhar

O juiz federal Sérgio Moro enviou um ofício ao Supremo Tribunal Federal (STF) em que pede desculpas por ter retirado o sigilo das gravações de grampos feitos em telefones do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com o portal jurídico Jota, ele pediu “respeitosas escusas” à Corte e alegou que a divulgação da conversa entre Lula e a presidente Dilma Rousseff "não teve por objetivo gerar fato político partidário". "Diante da controvérsia decorrente do levantamento do sigilo e da r. decisão de V.Ex.ª, compreendo que o entendimento então adotado possa ser considerado incorreto, ou mesmo sendo correto, possa ter trazido polêmicas e constrangimentos desnecessários. Jamais foi a intenção desse julgador, ao proferir a aludida decisão de 16/03, provocar tais efeitos e, por eles, solicito desde logo respeitosas escusas a este Egrégio Supremo Tribunal Federal", escreveu. Responsável pelas investigações da Operação Lava Jato, Moro realizou uma palestra nesta terça-feira (29) em um evento do Ministério Público Federal em São Paulo. Durante sua fala, o juiz federal contou que diversas operações começaram com “fatos banais”, mas tiveram efeito de “bola de neve” e apontando esquemas muito maiores. Ele aproveitou para citar um “caso impressionante” de ex-deputado condenado e preso no mensalão que também recebia propina da Petrobras. “Esse tipo de comportamento nos gera estranheza e também algumas indagações: Será que também não existem outros?", questionou. "Corrupção é problema suprapartidário. Justiça e política são coisas diferenciadas", completou. Fonte: BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post