Jequié: vice nega ter recebido proposta de pagamento de propina por grupo de prefeita - APUAREMA 24HORAS

Anuncio No Post

Jequié: vice nega ter recebido proposta de pagamento de propina por grupo de prefeita

Compartilhar
O vice-prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, negou em entrevista a uma rádio local as denúncias de que teria recebido proposta do deputado federal Roberto Britto (PP) para embolsar R$ 3 milhões, em troca do não apoio ao processo de impeachment sofrido na Justiça pela prefeita Tânia Britto (PP) (veja aqui). Gameleira afirmou não ter divulgado a história ”por não dispor de materialidade da prova”. O vice-prefeito alegou que uma postagem feita em um grupo na rede social Whatsapp teria levantado a suspeita da proposta de recebimento de propina. As denúncias de Gameleira foram feitas no último domingo (24), em entrevista ao blog Júnior Mascote. Na ocasião, ele afirmou ter sido procurado por um interlocutor de Roberto Britto, na sua casa em Barra Grande, na Ilha de Itaparica. O porta-voz do deputado teria proposto que ele abandonasse o G9, grupo de nove vereadores que compõe a oposição ao governo na Câmara e que articula o processo de afastamento da prefeita que tramita na Casa. Ainda segundo denunciou Gameleira, a empresa Torre, responsável pelo serviço de limpeza municipal e de propriedade da esposa do parlamentar, e o próprio Britto pagariam o valor. O vice-prefeito rompeu as relações políticas com Tânia Britto há mais de um ano. Desde então, tornou-se um dos mais ferrenhos opositores ao governo da progressista. Ele também é apontado como um dos articuladores do processo de impeachment sofrido pela prefeita na Câmara de Vereadores (leia mais aquI). Tânia Britto é acusada de cometer irregularidades na educação jequieense, como contratação irregular de professores pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) e o não pagamento de empresas responsáveis pelo transporte escolar municipal. *Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post

Anuncio Aqui!