Supremo Tribunal quebra sigilo fiscal do deputado Roberto Britto - APUAREMA 24HORAS

Anuncio No Post

Supremo Tribunal quebra sigilo fiscal do deputado Roberto Britto

Compartilhar

De acordo com o Correio Braziliense, o ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato, no autorizou, na quinta-feira (29/10) a quebra do sigilo fiscal de dois deputados federais pela Bahia: Mário Negromonte Júnior e Roberto Britto, ambos do PP. Roberto Britto teve a abertura de inquérito pedida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em março. Foi ouvido e continua sendo investigado. Mário Negromonte Júnior, no entanto, não havia sido citado nas investigações até o momento. ”Nunca fui notificado que estou sendo investigado de nada. Mas, quanto a isso (quebra do sigilo), é zero de preocupação. Pode quebrar, não tem problema nenhum. Confiança total na Justiça” comentou. O deputado Roberto Britto afirmou a imprensa que colocou todos os seus dados bancários, telefônicos e fiscais à disposição da Justiça desde março. ”Não tenho receio de nada. Autorizei a quebra de sigilo e entreguei boa parte dos meus dados. Sustento que não tenho nada esconder. Zero. Sem problema nenhum”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post

Anuncio Aqui!