"No mercado da Vaquejada e nas grandes festas agropecuárias, barões fazendeiros promovem suas festas e diversões, exibindo sua prepotência, supremacia e relações de abuso ao som de músicas do tipo: “vaqueiro velho”." - APUAREMA 24HORAS

Anuncio No Post

"No mercado da Vaquejada e nas grandes festas agropecuárias, barões fazendeiros promovem suas festas e diversões, exibindo sua prepotência, supremacia e relações de abuso ao som de músicas do tipo: “vaqueiro velho”."

Compartilhar
Foto: Sávio Leal

A representação de um vaqueiro em festas de vaquejada

“Vou contar uma história, de um vaqueiro afamado;
Trabalhou 60 anos, numa fazenda de gado;
E depois de ficar velho, do patrão foi desprezado!”


Esse é um trecho da música "vaqueiro velho", composta por Ton Oliveira e conhecida nacionalmente nas festas da Banda 100PAREA, que leva a música por grandes estados do Brasil.
O conteúdo musical aborda uma relação de trabalho entre um fazendeiro e um trabalhador (vaqueiro) que presta serviço na terra do patrão cuidando de seus animais há cerca de 60 anos. Antes de tudo, é importante salientar o objetivo de retirar as denúncias feitas nos diálogos e no contexto que a música traz a nossos ouvidos; deixando de lado o envolvimento, diversão e descontração que a mesma causa nas grandes festas agropecuárias e vaquejadas.
Com estilo próprio e empolgante, a Banda 100PAREA é uma das mais famosas e conhecidas bandas do mercado de vaquejada do interior baiano, ela foi criada em 2009, numa pequena cidade do interior da Bahia chamada Capim-Grosso, que fica à 281 Km da capital, Salvador.
Composta por músicos jovens, o grupo leva uma mistura de ritmos que envolvem o forro e a vaquejada. Segundo sua produção técnica “a Banda 100PAREA demonstra algo que cada um traz consigo mesmo, aquele “TALENTO” que se revela em algumas ocasiões. Temos como missão trazer alegria e diversão para todo Brasil [...]”.
A banda traz consigo um legado musical encantador, que aborda fatos diários da vida de um vaqueiro esquecido na história social, na história da fazenda e na história da vida. Cito aqui o título de três grandes músicas mais tocadas em suas festas:

"Amar seus Defeitos" é uma música que fala da grande paixão de um vaqueiro, que se encanta com a simplicidade de uma moça, dizendo: “Você tem algo que só Deus explica, quanto mais simples mais bonita fica, anéis, pulseiras e brincos pra que? Pra que usar jóia se a jóia é você [...].”. Podemos ver o encanto que o vaqueiro tem pela naturalidade da mulher, sem fazer mínima apologia aos acessórios e preciosidades deterministas do padrão europeu capitalista, que dão valores e falsos sentimentos as pessoas.  

A continuação da Análise de Sávio Leal nas demais músicas você acompanha diariamente aqui no Apuarema24Horas, até sexta (22). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncio No Post